amc3
Segurança Pública

Apreensão de veículos irregulares conta com trabalho integrado das forças de Segurança em Cachoeirinha

.

13/11/2019 13h48
Por: Moises Pacheco

    Em outubro de 2019, o município de Cachoeirinha completou um ano de Cercamento Eletrônico, sistema que tem o objetivo de combater os crimes ligados ao furto e roubo de veículos. A iniciativa, piorneira no Estado, já está sendo ampliada com a instalação de onze novas câmeras na cidade, interligadas ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade.

    O sistema atua através da leitura das placas dos veículos, que são conferidas com o banco de dados da Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado através do sistema OCR (Reconhecimento Ótico de Caracteres). Se o veículo estiver irregular, o CICC é acionado. Após a identificação, o CICC recebe um alerta em até 10 segundos e, a partir da localização, uma equipe é acionada para apreender o veículo.

    Conforme o comandante da Brigada Militar em Cachoeirinha, tenente-coronel Eduardo Ramos, as apreensões dos veículos e eventuais prisões são realizadas através de um trabalho integrado entre a Brigada Militar, Guarda Municipal, Guarda de Trânsito, e Polícia Civil. “Em 2019, até o momento, foram 22 ocorrências com prisão em flagrante”, revela o comandante.

    O tenente-coronel Ramos conta também que Cachoeirinha tem inclusive servido de exemplo para outras cidades, que procuram o município para conhecer o Cercamento Eletrônico. “Cidades como Gravataí e Canoas devem implantar um sistema semelhante ao nosso em breve”, finaliza.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.