amc3
Gravataí

Prefeito Marco Alba adere a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios - RedeSim

.

07/11/2019 11h59
Por: Moises Pacheco

O prefeito marco Alba assinou a adesão de Gravataí nas novas ferramentas da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – RedeSim. O ato ocorreu em seu gabinete nesta quarta-feira, 6, e contou com a presença do presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS) Flávio Koch, o coordenador da RedeSim Silvio Ramão, a representante do Sebrae Alessandra Faria, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Victor Johnson e o secretário substituto de Agricultura e Abastecimento, Rafael Evaldt.    

Conforme Marco Alba, o ato é importante para os empreendedores da cidade que terá mais agilidade e eficiência, já que o sistema integra a rede do município com outros órgãos como a JucisRS, Receita Federal, Secretaria da Fazenda do Estado, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente e Corpo de Bombeiros. "Desde que assumimos a Prefeitura primamos pela agilidade e eficiência e estamos sempre nos aprimorando para as aberturas de novas empresas e as renovações sejam o mais rápido possível, visto que emitimos alvarás e certidões em menos de 24 horas. Por isso, acredito que essa parceria vem somar."

A RedeSim que tem como objetivo desburocratizar e agilizar a abertura de novas empresas, além de possibilitar sua regularização. A previsão é de alcançar a totalidade dos 497 municípios gaúchos até o final de 2022. “O registro e legalização de pessoas jurídicas passa por melhorias significativas já que a aquisição do alvará de uma empresa de pequeno porte e baixo risco que era de 90 dias, dependendo da complexidade o prazo agora é de até três dias”. A afirmação é do presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS – Flávio Koch. Hoje a autarquia é  órgão integrador estadual em parceria com o Sebrae-RS e Prefeituras.

Conforme Portal da Rede, são mais de 3.000 municípios integrados ao sistema, abrangendo cerca de 85% das pessoas jurídicas ativas do País. “Estamos trabalhando em parceria com entidades e órgãos competentes para impulsionar o empreendedorismo no RS”, finaliza Koch.

O secretário Victor explica que com a assinatura do convênio com a RedeSim, no momento em que o empresário solicitar a Viabilidade do nome na Junta Comercial, será encaminhado para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet) a solicitação da Viabilidade das atividades e de localização. "Só com nosso deferimento é que e empresa será autorizada pela Junta Comercial com a emissão do CNPJ e do Contrato Social, tudo isso dentro do prazo de 48 horas a partir da entrada na Junta. Logo após a emissão da Certidão de Viabilidade o empresário ou contador responsável poderá dar entrada na empresa."

Ele ainda salienta que a Smdet já possui um sistema que supre muito bem suas necessidades. "com esta assinatura teremos que realizar a integração com o sistema do Estado, onde serão feitas algumas adequações para que o mesmo rode da forma mais ágil e eficiente, pensando sempre em não prejudicar o requerente (empresário)."

Alessandra, representante do Sebrae, explica que o papel da entidade neste processo foi de prestar consultorias ao município, para que este pudesse entrar na RedeSim. "Estamos realizando capacitações desde o início deste ano, sempre visando a desburocratização e agilidade para todos, principalmente para o empreendedor."

Também participaram da reunião o vice-prefeito Áureo Tedesco e o vereador Alan Vieira.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários