amc3
Gravataí

Mulheres que venceram o câncer de mama cruzam a passarela da superação no 4º Desfile das Vitoriosas

.

30/10/2019 13h40
Por: Moises Pacheco

Aconteceu na noite desta terça-feira, 29, a quarta edição do Desfile das Vitoriosas. Dezenas de mulheres, cada uma com sua história de batalha, algumas com a guerra vencida, outras por vencer, passaram pelo tapete vermelho da passarela montada na Praça da Bíblia, no centro da cidade. O evento é uma realização da Prefeitura de Gravataí, por meio do Gabinete da primeira-dama (GPD), em parceria com diversas entidades e as secretarias municipais da Saúde e da Governança e Comunicação Social.

Na abertura do evento, a primeira-dama Patrícia Bazotti Alba destacou que todas as ações do Outubro Rosa fazem parte da lógica do governo Marco Alba que é de presar pelo ser humano. "Sabemos que homens e mulheres são diferentes em seus papéis e a mulher é o acolhimento, a base da casa, da família. Por isso, quando a mulher fica doente, toda a família adoece. Assim, é sempre importante lembrar que a mulher, para cuidar o outro precisa se cuidar. "

Ela lembrou que antes, o diagnóstico de câncer era uma sentença de morte." Mas agora, cada vez mais podemos vencer esta doença e por isso estamos aqui, celebrando as vitórias e incentivando na batalha pessoal de cada mulher que irá passar por esta passarela. Vocês, meninas, merecem isso e muito mais. Estamos muito alegres de poder participar da vida de vocês. Este é um momento de celebração da vida. Parabéns para todas. "

Patrícia ainda ressaltou a importância da rede de saúde e apoio do município, formada por diversas secretarias, capitaneadas pela Secretaria da Saúde, que trabalha o ano inteiro para das suporte a estas mulheres que enfrentam o câncer.

O prefeito Marco Alba lembrou que o desfile é um ato de amor." Estamos aqui celebrando a vida, a grandeza, a fé das pessoas que acreditam na vida e lutam para superar dificuldades. Estas mulheres são vitoriosas e mais do que isso, estão aqui por amor ao próximo, para alertar o outro e dar o exemplo de que é possível. "

Foi no ano passado, através do autoexame, que Karina Batista Duarte, 33 anos, encontrou um nódulo do seio. Após consultas, diagnóstico e cirurgia, ela agora passa pela frase de tratamento. "Desde o dia que encontrei o nódulo me senti curada e vitoriosa e aqui estou. Claro, que a doença fez com que eu repensasse pontos da minha vida, dando mais valor para a minha família e a minha fé." Ela destaca que participar do desfile é uma forma de chamar atenção de todas as mulheres, independente da idade, para o auto cuidado." Não é fácil passar pelo diagnóstico e tratamento, por isso, precisamos sim, comemorar e mostrar que somos vitoriosas na vida."

Sandra Fernandes, 67 anos, está na batalha contra o câncer de mama desde 2014, quando a doença foi diagnosticada pela primeira vez. Em 2016, novamente ela precisou passar por cirurgias e hoje, ainda faz acompanhamentos e toma medicações."Quando eu achei que a doença já tinha me atingido de todas as formas, minha filha, Viviane, de 49 anos, no ano passado também foi diagnosticada com câncer de mama. Mesmo assim, sou forte e fiquei com outra visão da vida. Sou mais sensível, aprendi a perdoar mais, vejo as pessoas e o mundo com outros olhos. Tenho me aceitado e aceitado a tudo do jeito que é. Tenha certeza que sou uma pessoa feliz. "

Ana Paula Vargas da Rosa, 37 anos, chamou atenção por sua superação na passarela, ao desfilar com um andador. Em 2016 precisou fazer uma mastectomia, descobriu metástases no pulmão e ossos e teve a medula queimada pelas sessões de radioterapia. "A doença que tenho não tem cura, assim, farei quimioterapia de 21 em 21 dias enquanto viver. Ter retirado o seio foi o mínimo que ocorreu. Tenho Deus comigo e acredito que a fé move montanhas. Assim, luto todos os dias para estar viva. Luto contra dores e estou aqui para comemorar que pelo segundo ano que desfilo, lutei, venci e estou viva."

Participaram da iniciativa os vereadores Airton Leal, representando a presidência da Câmara de Vereadores, os vereadores Neri Facin e Alan Vieira, além de diversos secretários e servidores da Prefeitura Municipal de Gravataí. O desfile foi apresentado pelo secretário substituto para Assuntos de Segurança Pública André Britto, e teve a presença da presidente da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Gravataí Nilza Melloo da Silva.

 

 

 

Texto: Paloma Vargas Fotos: Giulliano Pacheco

  • Mulheres que venceram o câncer de mama cruzam a passarela da superação no 4º Desfile das Vitoriosas
  • Mulheres que venceram o câncer de mama cruzam a passarela da superação no 4º Desfile das Vitoriosas
  • Mulheres que venceram o câncer de mama cruzam a passarela da superação no 4º Desfile das Vitoriosas
  • Mulheres que venceram o câncer de mama cruzam a passarela da superação no 4º Desfile das Vitoriosas
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários