amc3
b5
Policia

RS | Apenados em regime semiaberto trabalham em obras públicas em Cachoeirinha

.

21/09/2019 20h54
Por: Moises Pacheco

A Prefeitura de Cachoeirinha, através da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade desenvolve um trabalho com os apenados em regime semiaberto que cumprem pena na Região Metropolitana. O projeto é coordenado pelo secretário de Segurança e Mobilidade, Joaquim Fortunato, pelos diretores Jorge Antônio da Silva e Emerson Santos e pelo inspetor operacional, guarda municipal Michel Rodrigues Fabiano.

O termo de cooperação prevê que podem atuar na parceria até 10 apenados. A mão de obra é disponibilizada à Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos e à Diretoria de Mobilidade. Uma equipe está trabalhando com a Infraestrutura na revitalização das calçadas na Av. General Flores da Cunha e a outra com a Mobilidade na pintura de sinalização viária.

O convênio é executado em alguns municípios da região, como Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e algumas cidades do interior. Cada apenado recebe da Prefeitura vale-transporte, alimentação, fornecida pelo Restaurante Popular, e R$ 748,50 ao apenado assíduo, como exigido na Lei de Execução Penal. Além do pagamento, a cada três dias de trabalho é reduzido um dia de pena.

Para Rubens, 32 anos, que participa do projeto, a iniciativa possibilita a reinserção no mercado de trabalho. “Essa ação é de grande utilidade, pois sem a iniciativa do convênio eu estaria parado sem poder trabalhar. A sociedade descrimina muito um ex-apenado. Fico grato pela oportunidade e procuro realizar meu trabalho da melhor forma possível para poder me reinserir no ambiente profissional”, afirma.

 

Texto de: Judy Wroblewski – Estágio Supervisionado /Diretoria de Comunicação Social/PMC/Edição de: Gisele Ortolan /Diretoria de Comunicação Social/PMC/ Foto/Arte de: Kátia Freitas /Divulgação /Diretoria de Comunicação Social/PMC

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários