b5
amc3
RS

Secretário Costella vistoria obras de acessos municipais no Planalto e nordeste

.

06/09/2019 16h15
Por: Moises Pacheco

O secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, vistoriou obras de ligações asfálticas em municípios das regiões do Planalto Médio e Nordeste do Rio Grande do Sul. A pavimentação das vias está incluída no Plano de Obras 2019, anunciada pelo governador Eduardo Leite em junho passado.Em Guabiju, Costella vistoriou na manhã da quinta-feira (5/9) os três quilômetros da ERS-126 que ligam o município a São Jorge. No local, o secretário acompanhou a retomada do asfaltamento, que será executado com recursos de R$ 3,5 milhões oriundos da Contribuição da Intervenção do Domínio Econômico (Cide).

"Em um cenário de grave crise financeira, aplicar verbas em estradas significa investir na autoestima das pessoas", disse Costella. "Nosso objetivo é facilitar o escoamento da produção, reduzir o tempo de deslocamento dos moradores e, consequentemente, impulsionar a economia local”, acrescentou.

Conforme o prefeito de Guabiju, Diego Vendramin, a pavimentação da via ajudará a desenvolver a economia. "É importante para a produção de grãos e a atividade industrial das regiões serrana, Norte e Nordeste", destacou. À tarde, Costella foi a Carlos Gomes, onde acompanhou o andamento dos serviços de pavimentação em seis quilômetros da ERS-477, que ligará o município ao entroncamento da ERS-126. Para a retomada das obras, foram liberados R$ 2,8 milhões do Tesouro do Estado.

"A iniciativa do governo do Estado de atender à demanda de acessos municipais ainda nos primeiros meses de gestão merece nossos cumprimentos", disse Egídio Moretto, prefeito de Carlos Gomes.

O secretário esteve, ainda, em Muliterno, onde tratou dos serviços no acesso ao município pela ERS-462. Em reunião com a prefeitura, Costella anunciou a retomada das obras de pavimentação do 1,5 quilômetro remanescente para este mês. Para a execução dos trabalhos – que devem ser concluídos até o fim do ano – foram liberados R$ 1,68 milhão do Tesouro.

Os acessos a Carlos Gomes e Muliterno integram o conjunto de oito ligações asfálticas que receberão R$ 37 milhões de recursos próprios da Fazenda Estadual, em contrapartida ao financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para as obras de duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana. "Com seriedade e criatividade, estamos determinados a reduzir consideravelmente a lista de cidades que ainda não tenham acesso asfaltado", disse Costella. "Além dos recursos próprios do Estado, já solicitamos à bancada federal gaúcha, em Brasília, a liberação de emendas parlamentares para destravar novas obras."

Plano de Obras 2019

A pavimentação dos acessos a Carlos Gomes, Guabiju e Muliterno integra as ações do Plano de Obras 2019, anunciado em junho pelo governador Eduardo Leite. O pacote de investimentos nas rodovias estaduais soma R$ 301 milhões. A maior parte dos recursos, R$ 170 milhões, é oriunda do Tesouro do Estado e da Cide. O montante será usado para a recuperação de estradas e conclusão de ligações asfálticas, pontes e convênios municipais nas 17 superintendências regionais do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Outros R$ 131 milhões, financiados pelo BNDES, serão utilizados para finalizar a duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

 

Texto: Raphael Nunes, com supervisão de Júlio Cunha Neto/Ascom Selt/Edição: Marcelo Flach/Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.