b5
amc3
RS

Daer lança licitação de mais 14 estações rodoviárias

.

05/09/2019 14h35
Por: Moises Pacheco

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) – vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (Selt) – lançará um novo lote de concessão de estações rodoviárias gaúchas. Os editais de licitação começam a ser publicados ainda em setembro e atenderão 14 municípios. As cidades beneficiadas são Ajuricaba, Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Cristal, Formigueiro, Nova Petrópolis, Portão, Novo Cabrais, Restinga Seca, Santo Antônio da Patrulha, São Jerônimo, Marau, Nova Prata e Rosário do Sul.

“A intenção é fortalecer o sistema intermunicipal de passageiros, oferecendo à população gaúcha uma infraestrutura de qualidade que contempla todo o processo, da aquisição das passagens até o local onde os passageiros aguardam as viagens”, afirma o secretário Juvir Costella. “Milhares de pessoas serão contempladas por essas melhorias, que estão entre as prioridades do Mapa Estratégico do governo do Estado”.

Este ano, cinco licitações já foram realizadas, sendo que quatro delas têm empresa vencedora encaminhada para contratação (Taquara, Rio Pardo, Arroio do Meio e Arroio Grande). Até o final do ano, a expectativa é de que mais de cem editais de estações rodoviárias estejam em andamento. Ao todo, serão licitados 73 contratos de renovação das concessões e 28 de reabertura das estações rodoviárias, incluindo São Jerônimo, Nova Petrópolis e Lagoa Vermelha, entre outros municípios. Além disso, até 2020 estão programados 114 procedimentos destinados às agências rodoviárias.

“O Daer elaborou uma solução para os municípios onde é inviável economicamente a manutenção de uma rodoviária. As agências, que começam a funcionar em 2020, serão instaladas em estabelecimentos comerciais como lojas, lotéricas e farmácias, onde os usuários poderão comprar passagens e despachar encomendas”, explica Costella.

Para o diretor de Transportes Rodoviários do Daer, Lauro Hagemann, a novidade facilita o acesso ao sistema do transporte intermunicipal de passageiros. “A intenção da autarquia é levar o serviço ao maior número de pessoas possível, por essa razão estamos investindo na estrutura e nas formas de acessá-la”. De acordo com o dirigente, após a conclusão das contratações, as empresas vencedoras terão 60 dias para iniciar os trabalhos. As concessões são válidas por 25 anos e as permissões das agências rodoviárias por cinco anos.

 

Texto: Ascom Daer/Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.